Falta clima pra caminhar? Dance em casa e queime o pneu!

Está sem clima para caminhar sozinho(a)?

O tempo lá fora está feio e está com medo de pegar chuva no meio do caminho?

Não pode sair de casa porque está para chegar o rapaz da TV a cabo?

Ok, ok, ok.

Nada disso é desculpa para ficar sem se exercitar.

Afinal, ficar com o bumbum no sofá em nada vai ajudar.

Em dias como esse eu vou para frente do computador e começo a dançar.

Sério!

É terapêutico, diverte e queima uma caloria danada.

Separei uns vídeos aqui que vão te ajudar a suar.

É só seguir as coreografias.

Dá 30 minutos de malhação.

De quebra, vai estar bem ensaiadinho(a) para arrasar na balada.

Vamos nessa?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Colega, se você chegou até aqui, está de parabéns!!!

Faça um alongamento, respire fundo para baixar a frequência cardíaca e pode seguir o dia na paz, com aquela sensação gostosa de missão cumprida.

🙂

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Malhar sem comer queima mais gordura e calorias. Mito ou realidade?

Eu estava folheando uma revista americana que comprei nas minhas férias do ano passado e achei a seguinte pergunta:

Se eu não comer antes da atividade física, vou queimar mais gordura e calorias?

Pois bem, de acordo com a nutricionista Lorraine Matthews-Antosiewicz, de New Jersey (EUA), isso é um mito.

“Você queimará a mesma quantidade de calorias e gordura se você comer ou não antes da atividade física, mas você será capaz de se exercitar mais forte se estiver alimentada”, explica a especialista.

Segundo ela disse em abril do ano passado à revista Women’s Health, pular o lanchinho pré-treino pode diminuir o nível de estamina no seu corpo, bem como sua resistência física, o que expõe a pessoa a um risco maior de lesões.

“Sem contar que fazer exercícios pesados com o estômago vazio pode aumentar a produção do cortisol, hormônio do estresse, que pode levar à quebra dos tecidos musculares, tudo o que alguém que malha não quer que aconteça”, comenta Lorraine.

A sugestão da especialista é ingerir um lanche de até 200kcal antes da ginástica.

O Dr. Pierre Dukan, por outro lado, diz que uma leve prática de atividade aeróbica em jejum, logo após acordar, pode ajudar a pessoa a acelerar o metabolismo e a queima de gordura.

Segundo ele explica no livro “Método Dukan Ilustrado”,  se a pessoa não exagerar na dose e só fizer uma leve caminhada de até 20 minutos, isso pode ser sim benéfico para a dieta.

O que importa, na minha opinião, é que a pessoa se sinta bem e não coloque sua saúde em risco.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

 

Andar te deixa mais esperto e espanta a gordura do corpitcho

A gente está cansado(a) de ouvir que praticar exercício físico é saudável e que traz até felicidade para o cidadão, por causa da endorfina que o corpo produz.

Pois bem.

Também já sabemos de cor e salteado que bons resultados na balança são 70% fruto da alimentação e 30% de uma boa atividade física.

Agora o que a gente se esquece (será que é por falta de atividade física?!? Kkk) é que uma simples caminhadinha também nos deixa mais esperto(a).

É, colega, exames de ressonância magnética mostram que o cérebro fica muito mais ativo depois de apenas 20 minutos e caminhada. 

Esse gráfico abaixo compara o cérebro da mesma pessoa em duas situações bem diferentes.

A imagem à esquerda mostra o cérebro depois do cidadão ficar um bom tempo sentado. Pode-se ver que as áreas mais ativas são muito menores do que o da direita, que é da mesma pessoa depois de 20 minutos de caminhada.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Ou seja, além de ajudar na perda de peso, uma leve caminhada pode também nos ajudar a ter ideias, ficar mais ativas e alegres. A Organização Mundial de Saúde indica que 10.000 passos por dia são a meta ideal para uma pessoa não ser considerada sedentária. Com apenas R$ 10 você pode comprar um aparelho que conta quantos passos você dá no dia e pode te ajudar a melhorar seu condicionamento.

Para quem quer começar a praticar exercícios é bom procurar um médico para fazer um check-up. Só ele pode te liberar para a academia ou outra atividade que vai te trazer benefícios sem colocar a saúde em risco.

Eu já admiti aqui que odeio atividade física, então preciso de muita disciplina para manter uma rotina. Mas de tudo que eu posso fazer hoje (tive que parar o ballet por causa da minha coluna), com certeza a caminhada é a que me dá mais prazer.

O pilates me dá menos trabalho e deixa a barriga chapada até quando é feito em casa, mas acho que uma caminhadinha pela rua é ideal para quem quer começar hoje a se exercitar.

Veja aqui uma dica bem legal para começar o treino. Quem sabe um dia você arrisca até uma corrida, não é?

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu  Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Siga treino turbinado para o bumbum que levanta qualquer astral

Tenho recebido muitas mensagens de pessoas que estão emagrecendo 5, 10, 15, 20kg e, com isso se sentindo mais flácidas.

Para ajudar a moçada a ficar com o corpo mais durinho, a personal trainer Andrea Rodrigues Evangelista, de São Paulo, montou um treino turbinado para a gente.

“Os exercícios em questão trabalham a musculatura do bumbum, cada uma com ação e foco diferenciados: glúteo máximo, médio e mínimo, adutores, isquiotibiais e quadríceps”, explica Andrea. “Todos os exercícios devem ser realizados pensando no movimento e na contração da musculatura a ser trabalhada.”

As séries podem ser realizadas 3x de 12 a 15 repetições com intervalo de 40 segundos entre cada repetição.
Para iniciantes, o ideal é  fazer no máximo 3 exercícios dos indicados abaixo e em dias alternados, para que haja tempo para que o músculo tenha a recuperação necessária.

“Importante lembrar que para obter melhores resultados, é indicado também fazer exercícios cardiovasculares (como caminhada, corrida, bicicleta), bem como seguir uma dieta passada pelo seu nutricionista”, completa Andrea.

 Agora é botar a legging, prender o cabelo e suar a camisa por um bumbum dos sonhos.

Vamos ao passo a passo?

 

Para aquecer 

Vamos iniciar com afundo na esteira e inclinação para acontecer a estimulação dos glúteos.

Vai fazer esse movimento por 3 minutos e caminhar 2 minutos.

Faça isso em média de 15 minutos, isso depende do tempo de treino, assim como a inclinação na esteira.

Inicia na inclinação 6 pelo menos.

Para dificultar o movimento pode ser utilizada caneleira ou peso nas mãos que acaba sendo mais eficiente.

Veja no vídeo como se faz.

 

 

Hora de começar!

No step, fique na posição de 4 apoios, com um joelho estendido e vai passar abaixo da linha do step, sobe e desce dessa forma.

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Sobe e desce!

Ainda no step e na posição de 4 apoios, vai flexionar um joelho em 90 graus subindo e descendo dessa forma.

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Forcinha té para as costas!

Deitada de barriga para baixo em um banco ou plataforma de forma que o quadril fiquei todo para fora, vai segurar à frente com os braços estendidos e flexionar os dois joelhos fazendo um grande movimento do quadril descendo e subindo com bastante amplitude, esse exercício trabalha um pouco da região lombar também, no momento da subida.

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Equilibra e não cai! 

Em pé apoiada, vai levar uma perna para trás estendida com semi flexão de joelho, até a linha do glúteo mais ou menos e voltar até a linha do pé. Depois troca a perna.

 

É de ladinho que eu me acho!

Deitada de lado, flexiona o joelho de descanso e estende o outro elevando até uma altura que não perca o movimento, ponta do  pé para frente sempre.

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

 

Agacha, colega! 

Um exercício um pouco mais complexo e eficaz é o agachamento. Fazendo este movimento completo, o recrutamento de fibras acaba até sendo maior que exercícios localizados com caneleira.

Vai afastar as pernas na linha do seu quadril, pode jogar as pontas dos pés para fora naturalmente, barra nas costas, podendo ser adaptado também com peso nas mãos, vai fazer o movimento com grande amplitude descendo mais que 90 graus.

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Afunda que o bumbum levanta!!!

Afundo no step com barra ou peso nas mãos. Um exercício mais complexo muito eficaz para glúteos também. Ele se parece um pouco com o avanço na esteira já visto.

Um dos pés vai ficar sobre o step que será flexionado o joelho e o outro atrás flexionando também, assim vai flexionar os dois e estender juntos. Desce pelo menos até formar um ângulo de 90 graus entres as pernas.

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 

Foto: Divulgação/Personal Andrea Evangelista (Instagram @deinhaevan)

 Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

 

 

Como gostar de atividade física se a endorfina não me vicia?

Gente, eu confesso:

Eu O-D-E-I-O praticar atividade física.

Diferentemente da Bella Falconi, a Gabi Publiesi e a Carol Buffara.

Essas moças, que eu #admirototal, super foram fisgadas pelo bichinho da endorfina, o hormônio que todas as pesquisas e estudos médicos dizem que o corpo libera quando praticamos atividade física.

Elas têm uma dedicação enorme não apenas à alimentação saudável, mas também às atividades físicas para manter o corpo do jeito que elas gostam.

Elas são esculpidas!

 

Bella Falconi, Gabriela Publiesi e Carol Buffara são sensacionais! O corpo delas é simplesmente perfeito e  construído a base de muita disciplina à mesa e uma dedicação enorme às atividades físicas. #admirototal Foto: Montagem/Fotos do Instagram

 

Se por um lado tem gente que acaba até se viciando nessa sensação proporcionada pela endorfina, por outro tem as criaturas que nem eu que nunca sentem isso não.

SACO, SACO, SACO!
Eu não podia sentir um p&*# tesão nos exercícios físicos?
Mas não… Sinto tesão é num chocolate, numa sobremesa que dói a língua de tão doce ou no vinho, vodca e cachaça.

🙁

Como não gosto de atividade física, tenho plena consciência que nunca, jamais, nem se eu nascer 5 vezes de novo eu vou ter um corpo como o exibido pelas musas que me inspiram no Instagram.

Mas também não quero voltar a ter o corpo de bolota que eu exibia por aí no começo do ano passado.

(Quer ver fotos? Clique aqui!)

Mas aí eu te pergunto:

Como fazer isso sem gostar de fazer exercícios?

Como deixar o corpo mais sequinho e livre das gordurinhas, sem correr, praticar horas e horas de musculação ou tantas outras atividades físicas que têm por aí?

Eu respondo pra você e para mim mesma, colega:

Fazendo exercícios na marra.

E uma excelente ferramenta para te ajudar a fazer isso é a disciplina.

Foto: Divulgação/Tenda Pet Gourmet

Não tem jeito.

Eu criei uma rotina que tenho que cumprir e pronto.

Aprendi que a rotina é a melhor amiga da disciplina.

Simplesmente enfiei a atividade física na minha vida e faço um esforço da p@#$% para não me auto-boicotar.

Li uns tempos atrás um artigo do dr. Drauzio Varella publicado na Folha de S. Paulo em que ele explicava que o corpo humano foi programado para poupar energia, porque vivíamos nas cavernas e passávamos por períodos de muitas privações.

Ele dizia que “os planos para andar, correr ou ir à academia naufragam no dia seguinte sob o peso dos 6 milhões de anos de evolução, que desaba sobre nossos ombros”.

Segundo ele, mente quem diz que acorda e pula da cama louco de vontade de praticar exercícios.

Ele, que corre maratonas há 20 anos, conta que não confia até hoje na “foça do caráter dele”, por isso fez um trato com ele mesmo: ao acordar, só pode desistir de correr depois de vestir calção, camiseta e calçar o tênis.

Isso é disciplina.

Isso é técnica para manter o foco no que é importante para você.

Eu estabeleci que tenho que ir no ballet 2x por semana e no pilates 2x por semana.

Também tenho que caminhar no mínimo 1 hora por dia, pelo menos 5 vezes por semana.

Quando eu me boicoto por alguma razão, o resultado logo aparece na balança.

Já percebi que não adianta nada fazer a dieta 100% correta e não  me movimentar durante a semana.

O ponteiro empaca.

Também já notei que não resolve malhar alucinadamente e derrapar à mesa.

O ponteiro se não empaca, volta a subir.

O que funciona é o que a gente já sabe há séculos: aliar a dieta aos exercícios físicos.

Não tem jeito.

Infelizmente.

Por isso, levanta, colega! Porque sentado(a) no sofá a pança não vai secar e o bumbum só vai aumentar.

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Vença o sedentarismo com 10 mil passos por dia

Não é novidade para ninguém que a dobradinha dieta e atividade física é essencial para bons resultados de perda de peso.

Agora o que poucos sabem é qual é a barreira que divide um sedentário de um indivíduo fisicamente ativo.

Um dos indicadores, segundo a Organização Mundial de Saúde, é o número de passos que você dá em um dia.

O indicado, são 10 mil para uma pessoa adulta.

Jovens e crianças podem mirar em torno de 12.500 passos, enquanto idosos podem baixar para 8.500.

Quando eu comecei a usar um pedômetro, que é como são chamados os aparelhinhos que medem quantos passos você dá em um dia, fiquei assustada com o quão parada eu ficava em dias sem atividade física.

Foto:Reprodução

Em um sábado ou domingo, por exemplo, cheguei a ficar com menos de 4 mil passos.

Foi aí que me senti estimulada a me mexer mais.

E os resultados na balança começaram a melhorar mais e mais.

Então, colega, o que você está esperando para caminhar, hein?

Há diversos aplicativos na internet para celular que ajudam a contar os passos.

E os pedômetros vendidos por aí custam a partir de R$ 10.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

 

Ballet me faz queimar 480kcal em 1 hora. O mico vem de brinde!

Não sei se todos sabem, mas eu já fui bailarina profissional.

Eu me formei em ballet clássico e moderno, mas dançava também jazz e contemporâneo.

Dei aula por dois anos para meninas de 3 a 7 anos, faixa etária na qual me especializei.

Adorava ver minhas meninas se desenvolvendo a cada semana.

Nos áureos tempos, chegava a ficar das 15h até 21h na academia fazendo aulas e ensaiando.

Era uma delícia!

Comprar uma nova sapatilha de ponta depois de quase 20 anos não foi nada fácil… Subir nela então…. kkkk Foto: Amanda Brum

 

Naquela época comia de tudo e mais um pouco e não tinha um grama sobrando de gordura no corpo.

Eita maravilha!

Também…. Dizem que 1h de ballet é suficiente para queimar 480kcal.

O duro é que parei de dançar, continuei a comer, e aí, não teve jeito: disparei a engorda.r

Mas, como o projeto de 2013 é emagrecer, custe o que custar, resolvi voltar.

Depois de 17 anos parada, vesti novamente um collant, meia calça e sapatilhas.

Olha eu aí! Foto: Reprodução vídeo no Youtube

Fiquei morrendo de vergonha, óbvio, porque era a única rechonchuda da turma.

Mesmo tendo emagrecido quase 13kg, ainda sou a mais roliça entre as moças com quem faço aula.

Mas o importante é que tive coragem de enfrentar o espelho e me lancei de novo aos pliés, battment tendus, chennés, e sautés!

E, o desafio, foi vencer a vergonha do meu corpo de adulta e ter coragem de dançar na apresentação de fim de ano.

Olha eu aí de novo! Foto: Arquivo pessoal

O resultado dá para ver nesse vídeo aí embaixo.

Sou a mais baixinha que começa do lado esquerdo.

 

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

 Siga meu Instagram @amandabrum13

 

Chape a barriga com 15 minutos de pilates em casa

Você está com aquela barriguinha que insiste em aparecer?

Então melhora a postura, colega!

Existem alguns exercícios simples de pilates que podem te ajudar a colocar a barriguinha no lugar.

De quebra, ainda auxiliam a fortalecer a região, te garantindo um abdômen mais sequinho e bonito.

A fisioterapeuta e professora de pilates Luciana Seiler, de São Paulo, explica que os exercícios de mat pilates são a base para a construção de um corpo saudável, com força, postura e flexibilidade.

“São exercícios simples, porém poderosos, que acionam o abdômen de forma dinâmica e isométrica”, detalha Luciana. “Mas é preciso manter o abdômen contraído o tempo todo, como se quisesse encostar o umbigo nas costas.”

Para ajudar nessa empreitada, Luciana montou um treino bem simples para a gente.

“Você pode realizar a série 3 vezes por semana e vai precisar de apenas 15 minutos”, explica.

Vamos nessa?

 

Single Leg Stretch

(Alongamento com uma perna)

Objetivo:

Fortalecer reto abdominal, alongar glúteo e coluna lombar.

Como fazer:

1- Deitado de costas, puxe a perna esquerda colocando a mão direita no lado interno do tornozelo e a mão esquerda no lado interno do joelho. Deixe a outra perna estendida paralela ao solo.
2 – Troque de perna lentamente, repetindo o processo do outro lado sem mover o tronco.

 

Foto: Divulgação Luciana Seiler, Instagram @luseiler

 

Roll Over

(Rolamento)

Objetivo:

Fortalecer reto abdominal e mobilizar coluna

Como fazer:

1- Deitado no solo com os braços estendidos paralelos ao tronco
2 – Inicie o movimento lentamente pela pelve, levando as duas pernas em direção a cabeça
3- Retorne desenrolando a coluna lentamente, vértebra por vértebra, até chegar a posição inicial

Foto: Divulgação Luciana Seiler. Instagram @luseiler

 

The Hundred

( O Cem )

Objetivo:

Fortalecer musculatura abdominal e estabilizar coluna lombar e pélvica.

 Como fazer:

1- Deitado no solo, com a região lombar totalmente apoiada, abdômen contraído, pernas flexionadas formando um ângulo de 90 graus, braços estendidos apontando para o teto.
2- Inspire profundamente pelo nariz para preparar, expire pela boca enquanto eleva o tronco  e estende  as pernas simultaneamente  formando um ângulo de 45 graus com o chão e desça os braços ao longo do corpo
3- Volte a posição inicial colocando vértebra por vertebra no chão.

 

Foto: Divulgação Luciana Seiler. Instagram @luseiler

 

Shoulder Bridge
(Ponte sobre os ombros)

Objetivo:

Melhorar articulação da coluna, estabilização lombo-pélvica, desenvolver controle dos abdominais e musculatura posterios da perna. 

Como fazer:

1- Deitado sobre o mat, expire elevando o quadril, contraindo os glúteos.
2- Inspire, eleve uma perna
3- Retorne a posição inicial e repita com a outra perna

Foto: Divulgação Luciana Seiler. Instagram @luseiler

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Siga meu Instagram @amandabrum13

Corra para o sucesso! Cada minuto pode queimar até 21kcal!

Muita gente me escreve pedindo dica de exercício físico barato e eficiente para o processo de emagrecimento e conquista de uma vida mais saudável.

Consultei minhas fontes aqui e ali e olha só o que eu trouxe hoje para vocês:

Um treino de corrida. 

Sim, colega!

Essa é uma das atividades mais democráticas que existem.

Ao contrário do que muitos pensam, não é preciso mais do que um tênis confortável (pode ser um velhinho mesmo), uma roupa que permita  uma boa transpiração e força de vontade para se jogar na prática.

“Não precisa mais do que isso para começar”, explica o personal trainer Fabio Pasetto, de São Paulo. “À medida que for progredindo no treino vale a pena procurar um especialista para fazer um teste de pisada e ter uma orientação sobre sua mecânica de corrida.”

De acordo com o personal, é importante que o início na corrida seja gradual, especialmente para aqueles que são sedentários ou estão muito acima do peso. Afinal, trata-se de uma atividade de alto impacto. O recomendado é que os incrementos no volume de treino não passem de 10% de uma semana para a outra.

“É sempre interessante também realizar algum trabalho muscular para auxiliar no fortalecimento do sistema locomotor”, pondera o especialista da Ecoo Run & Life. “Também não podemos nos esquecer de um aquecimento antes de começar o treino e um desaquecimento assim que terminá-lo”.

Para ele, a frequência nos treinos vai depender do objetivo, histórico do treinamento, histórico de lesões, entre outros fatores. Mas, de forma geral, um iniciante que queira colher os benefícios da corrida pode trabalhar com a meta de treinar de 2 a 3 vezes por semana na fase de adaptação (2 semanas), para depois partir para treinos 3 a 4 vezes por semana.

“Dependendo da intensidade da corrida e do condicionamento do indivíduo, a corrida pode queimar até 21kcal por minuto”, explica Pasetto.

Prontos para arrasar na pista?

Aí vai uma sugestão de treino feito espacialmente pra gente.

Clique na tabela, ela ficará bem maior e mais fácil de visualizar.

Aí é só imprimir e começar!

🙂

 

Curta minha página www.facebook.com/emagrecebolotinha

Siga meu Instagram @amandabrum13

Insanity: será essa uma nova moda fitness?

Vocês já ouviram falar de “Insanity”?

Fui atrás e vi que tem muito material publicado por aí sobre essa técnica.

Em linhas bem gerais, é uma modalidade de treino que leva seu corpo ao limite, e, com isso, promete melhores resultados de emagrecimento e definição muscular.

Para segui-la, há diversos vídeos disponíveis gratuitamente pela internet.

Pelo o que eu pude ver, o Insanity já conquistou muitos seguidores.

Há uma página no Facebook que já reúne mais de 7 mil fãs.

Foto: Reprodução

Se eu recomendo?

Não sei ainda não…

Óbvio que fiquei com vontade de fazer, mas não vou me arriscar a começar nada desse gênero sem o aval dos meus médicos.

Até porque estou com dores recorrentes na lombar e até que eu faça a ressonância magnética e tenha o diagnóstico do que está rolando, não posso me arriscar.

E há apenas um aspecto do método que não me agrada muito: o fato de você praticá-lo sem nenhum acompanhamento profissional.

Tenho para mim que toda técnica mais agressiva, seja lá do que for, precisa ser adotada e seguida com gente que entende por perto.

Imagina fazer errado um exercício de alto impacto?

O dano que pode trazer para o corpo é imensurável.

 

Tenho medo de fazer exercício de alto impacto sozinha, sem um acompanhamento profissional. E se eu me machucar? Aí vai lascar tudo… Foto: Eduardo Enomoto

 

Eu nunca havia escutado nada a respeito, até que a internauta Ana Cristina Augusto Paulino,  que é leitora do blog, que me deu a dica.

 Ela conta que estava estagnada nos 65kg há tempos, e nada a ajudava sair desse platô. Quando ouviu falar da técnica, pesquisou na internet, começou a seguir grupos que falam do assunto e resolveu tentar.

“Resolvi fazer e quase morri”, conta. “Mas eliminei 2cm de barriga, panturilha e outras medidas, sem contar que sequei 1kg, que na atual situação é muita coisa”.

Segundo ela, o treino é tão pesado, mas tão pesado, que nos primeiros dias ela teve dores horríveis. “Eu achei que tinha feito tudo errado tamanha era a dor”, relembra. “Doía até para virar na cama.”

Será que vale a pena?

Mais alguém já testou por aí?

Conta pra gente!

Curta meu Facebook: www.facebook.com/emagrecebolotinha

Siga meu Instagram @amandabrum13