Copa no Brasil: exorcise a alma gorda e vá de petiscos lights como esses aqui!

Ei, você, está pensando em jacar hoje?

Faz isso não, colega!

Pensa no tanto de sacrifício que já fez para chegar até aqui e quantos gramas já eliminou rumo ao corpo que te pertence!

Uma derrapada à toa pode te render vários dias estacionado(a). Eu já cheguei a ficar quase 3 meses sem emagrecer 1 grama depois de uma jacada daquelas…

🙁

E, vamos combinar, nós nem fomos selecionado(a)s, não é mesmo?

Os meninos do Felipão que têm que estar ansiosos e com um friozão na barriga.

Está com medo de não resistir às tentações da Copa?

Eu sei, eu sei… Eu também estou. Eu te entendo perfeitamente.

Mas pensei numa alternativa incrível para nos salvar da jaca.

Em apenas 1 hora e com menos de R$ 20,00 você monta uma mesa como essa que eu fiz.

🙂

As receitas detalho logo abaixo! Foto: Amanda Brum

J-U-R-O!!!

Essa mesa é 100% aderente á dieta. 

E 1.000% resistente à jacas.

Cola na minha, colega!

Você vai brilhar com certeza.

E magro(a) estará ao fim da Copa. Ah, estará!

 

Belisco para a hora do nervoso

 

Foto: Amanda Brum

Ao invés de se empanturrar de amendoim (eu sei, eles são incríveis, eu também adoro, mas se eu pego um, não paro até ver o pote vazio), experimente usar palitos de pepino e cenoura para beliscar na hora do nervoso.

Esses palitos são perfeitos para aquela hora em que comemos compulsivamente, sem nem pensarmos direito no que estamos comendo.

Só para você ter uma ideia, um copo desses tem 1 cenoura média (25kcal) e 1 pepino médio (24kcal) cortados em palito, totalizando menos de 50kcal por copo.

Cada colher de sopa de amendoim japonês, daqueles que comemos sacos e mais sacos sem nem perceber, tem absurdas 75kcal.

Fuja, fuja, fuja!!!!

Os meus palitos eu corto com um fatiador de legumes simples, pelo qual paguei R$ 25,00 nessas lojas que vende todo tipo de cacarecos.

Se você não tem um treco desses, corte na faca mesmo.

Eu coloco sal grosso no fundo do copo e encho com os bonitos.

As cores verde e laranja ainda contribuem para abrilhantar a decoração e a festa!!!!

 

Petisco saudável e esperto 

Foto: Amanda Brum

Colega, nada de ir para a batatinha, salgadinho, bolinho ou croquete.

Essa salada caprese no palito é simples e simplesmente sencacional.

Eu corto um tomate cereja pela metade e uma bolinha de mussarela de búfala em 3 partes.

Coloco o tomate embaixo, a mussarela em cima, espeto o palito e tempero com óregano.

Para quem se lembrar de comprar (eu esqueci!), uma folhinha de manjericão em cima fica sensacional.

E cada petisquinho desse tem sabe quantas calorias?

Menos de 30kcal por porção.

 

Doce junino para Copa junina 

Foto: Amanda Brum

Já pensou em fazer um doce de abóbora light?

Gente, é simplemente sensacional.

Além de delicioso, super combina com o clima junino do mês em que a Copa do Brasil começa.

A receita você vê neste clique aqui.

Rende 4 porções de cerca de 50kcal cada.

 

Chocolate é bom e todo mundo gosta!

Foto: Amanda Brum

Quem é que nega um bom chocolate na hora do stress e do nervosismo, hein?

Por isso eu já garanti a minha cota para o jogo de amanhã.

Fiz o creme dukanette e dividi em 8 porções.(receita neste link)

Para enfeitar (e dar um ‘tapa’ no metabolismo), polvilhei canela em pó por cima.

Cada unidade ficou com cerca de 65kcal cada.

Moleza, hein?

 

E você? Pensou em algum petisco diferente?

Eu já comecei a pesquisar para o próximo jogo.

Porque na dieta, variar é tudo de bom!

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Dieta e festa junina combinam sim e a gente gosta!

Foto: Verônica Manevy/Divulgação

As festas juninas já estão pegando fogo por todo o Brasil.

Eu simplesmente adoro essa época do ano.

No Nordeste, então, é uma delícia.

Pra quem está dieta, é só cuidar que não vai desandar.

Sempre existem escolhas boas e menos calóricas para nos salvar.

Eu sempre vou de churrasquinho.

Pra quem não faz a Dukan, o milho verde também é uma excelente opção, assim como a pipoca.

Uma fatia de bolo de fubá também vale a pena: tem em média 100kcal.

E, se você não conseguir resistir a um ou outro alimento, pelo menos consuma apenas uma porção.

Quero dizer, ao invés de tomar um balde de quentão, tome só um copinho saboreando bem.

Eu gosto de fazer o bolo de milho light e low carb (receita neste link) e a pamonha fake light (prepare uma caixinha de pudim diet de baunilha com 300ml de leite desnatado e acrescente 1 col de sopa de essência de milho. Depois separe em 3 porções, que terão cerca de 50kcal cada).

Aliás, você está por dentro do valor calórico dos alimentos juninos?

Faça o teste clicando neste link aqui 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

Estou quase explodindo de felicidade. Sabe por quê?

Foto: Divulgação/Riotour

Estou quase explodindo de tanta felicidade.

Sabe por quê?

Porque estou mais saudável do que nunca.

A ciência mostra que estou melhor agora, aos 35 anos, do que estava aos 2o anos.

Você acha isso bobeira?

Eu não, colega!

Para mim, que tenho zilhões de casos de doenças e mortes precoces na família, esse é um dos maiores presentes que eu poderia receber da vida.

É o melhor fruto que eu poderia colher dos meus esforços de emagrecimento. Mais do que qualquer número baixo que eu poderia ver na balança, os resultados dos meus exames clínicos me caíram como uma medalha de ouro numa das competições mais difíceis da minha vida: perder peso e manter a balança sob controle (Quer ver fotos do meu antes e depois? Tem no fim do post!).

Meu colesterol bom (HDL) subiu 70% de 2002 para este ano.

Meu colesterol ruim (LDL), embora nunca tenha saído do normal, caiu 11,21% de 2 anos para cá.

Os índices de ácido úrico (grande ‘risco’ para quem faz dietas ricas em proteínas) estão em 2,9, bem perto do mínimo indicado como referência (intervalo do saudável vai de 2,4 a 5,7mg/dL).

Meu triglicérides também está lindo.

E minha tireoide, que tem mais nódulos do que espaços vagos, voltou a funcionar perfeitamente.

Os índices do hormônio TSH, que já giraram em torno de 5,7 (os valores de referência vão de 0,45 a 4,5 mUI/L), o que determina quadro de hipotiroidismo, hoje está em 3,6, para lá de normal.

 A propósito, os nódulos tiroidianos, que me atormentam desde os anos 2000, diminuíram de tamanho, coisa rara de se acontecer.

Ou seja, as mudanças de hábito que tenho realizado na minha vida desde janeiro de 2013 surtiram efeito e estão visíveis nos meus exames clínicos.

De acordo com a minha endocrinologista, dra. Andrea Messias Britto Fioretti, que me acompanha há mais de 15 anos, esse aumento de colesterol bom é algo muito difícil de se conseguir, e aliado à queda do colesterol ruim só mostra que estou com risco cada vez mais reduzido de sofrer com doenças cardíacas.

“E a volta da tireoide aos níveis normais mostra que emagrecer também faz bem para essa glândula, que muitas vezes é vista como a vilã do sobrepeso e da obesidade”, explicou a médica. Segundo ela, que é mestre em medicina do Esporte, muita gente acha que não emagrece porque a tireoide está lenta. “Mas engordar e estar acima do peso também altera o funcionamento da tireoide. O ideal é aliar dieta saudável a atividade física regular para emagrecer de forma saudável, o que acaba por ajudar até mesmo a tireoide a ter um desempenho melhor.”

Diante de tantas boas notícias, quase me esqueci do peso.

Juro!!!!

Mas quer saber de uma bomba?

O exame de bioimpedância que fiz mostra que já cheguei ao peso ideal.

Aêeeeeeee!!!!!!!!

  • Meu IMC (índice de massa corpórea) está dentro dos padrões
  • Minha massa muscular está no máximo possível para a minha estrutura física
  • Minha hidratação está perfeita, e bem próxima do máximo esperado para o meu biotipo
  • Minha massa de gordura está apenas 300 gramas acima do recomendado.

Isso mesmo após as jacas e abusos pré e durante Páscoa!!!!

Fiquei bege e quase caí para trás!!!!!

A Dra. Andrea disse que se eu mantiver o que apresento hoje já está perfeito.

Mas óbvio que quero melhorar ainda mais.

Então combinamos que trabalharei para exterminar 3kg de gordura.

Espero conseguir, com isso, chegar aos 59/58kg que venho falando há algum tempo.

Mas a partir de agora vou ter que desapegar um pouco da balança. Porque posso acabar ganhando mais uns quilinhos de músculo pelo caminho, ainda que eu já esteja no máximo esperado para minha altura, idade e biotipo.

Isso porque a estratégia para alcançar tal resultado será manter dieta saudável, atividade aeróbica e intensificar os treinos anaeróbicos (como pilates, que já faço, e musculação, que fiz por muito tempo, mas abandonei por falta de tempo $$$).

Agora preciso ver direitinho com meu ortopedista como farei para praticar musculação sem prejudicar minha lombar.

Pra quem não sabe, tenho 3 hérnias de disco horríveis, que só não me levaram para a cirurgia porque eu já tinha emagrecido bastante e porque sempre pratiquei atividade física. (Conto mais neste link aqui).

E vamos que vamos que não vou desistir nunca.

Porque a Bolotinha Diaba que até então me vencia sempre e me levava para o mal caminho agora está sob controle, mas eu se descuidar, ela ressurge com tudo e fará de tudo dentro da minha cabeça gorda para eu me lascar.

Por isso a dieta saudável e a mudança de hábitos tem que ser para a vida toda.

Afinal, se eu voltar a comer e beber como antes, voltarei a ser como era antes.

NÃAAAO!!!!

 

Fotos: Arquivo pessoal

Fotos: Arquivo pessoal

 

Fotos: Arquivo pessoal

 

Fotos: Arquivo pessoal

 

Fotos: Arquivo pessoal

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Quer manter a dieta em aniversários, festinhas e mesas de bar? Cola na minha!

Foto: Alvaro Barrientos/05.09.2010/AP

Gente, eu me propus a fazer do mês de maio o meu mês de virada.

Como contei no post de 4a feira (leia-o clicando aqui), eu dei uma boa relaxada da dieta e, mesmo estando pertíssimo do meu objetivo final, não estava conseguindo seguir adiante.

Sabe o que faltava?

Foco, determinação e persistência.

E eu tive que me revestir de todo o foco do mundo, toda a determinação do planeta e toda a persistência do universo para obter sucesso neste primeiro dia de maio.

Sabe por quê?

Porque foi a comemoração de aniversário do meu namorido. E ele marcou em um boteco que eu A-D-O-R-O.

Caracas, quer desafio maior para um primeiro dia de dieta?

Mas eu não ia jogar a toalha no chão logo diante da primeira dificuldade.

E de fato não joguei. Ufa!

Fiquei na mesa do bar das 15h até 22h45 sem nem passar perto de uma jaca.

Nada de caipirinhas. Nada de cervejas. Nada de bolinhos. Nada de risotos. Nada de docinhos. Nada de bolo de brigadeiro pós-parabéns.

Tomei 6 garrafas de água, 2 pepsi zero, comi 1/2 porção de frango grelhado aperitivo como almoço e, de jantar, 1 filé mignon com 2 ovos na chapa.

Ou seja, fiz um lindo e típico dia de proteínas puras da Dieta Dukan (mais sobre a dieta neste link aqui).

Para conseguir me manter no foco, usei as seguintes estratégias:

  • Ao acordar, saí para fazer uma boa caminhada. Andei 7km em 70min. É que já percebi que sempre que pratico exercício, eu tendo a fazer a dieta mais direitinho. Afinal, depois desse esforço todo para fazer algo que não gosto muito (atividade física), não faz o mínimo sentido eu estragar tudo na hora de sentar à mesa. Funcionou! 🙂
  • Fui mentalizando desde o dia anterior que eu teria à minha frente todas as delícias que eu amo, mas que nesta 5a feira eu não precisaria consumi-las. Seria apenas um dia entre os milhares de outros que eu terei pela frente na minha vida.É um pequeno sacrifício para que eu pudesse manter meu foco e atingir minha meta. Funcionou! 🙂
  • Fui mentalizando desde o dia anterior que para comemorar o aniversário do meu namorido eu não precisaria encher a cara nem de comida, nem de cerveja. Que para eu me sentir feliz e fazê-lo feliz  bastava eu estar de coração aberto ali, aproveitando cada momento com as pessoas que são importantes para ele. A comida e a bebida são apenas coadjuvantes da festa. Não são – e nunca deveriam ser – os personagens principais desse tipo de evento. Funcionou! 🙂
  • Fui vestida com a calça mais justa que tenho no momento, que ficou muito, mas muitos anos sem me servir. Embora ela já esteja bem confortável, estar com ela no corpo durante toda a festa me ajudou a me lembrar dos meus objetivos de emagrecimento e o quanto estar mais leve me faz bem. Bastava passar as mãos na calça para que qualquer vontade de jacar fosse embora. Ela me fez lembrar que não valia a pena nenhum deslize neste momento, pois terei oportunidades para fazer isso com tranquilidade mais para a frente, quando minha calça voltar a ficar folgada.
  • Tive muita paciência para escolher o que eu ia comer. Fui exatamente nos alimentos que são permitidos na minha dieta e não titubeei em pedir adaptações – como não fritar o ovo, apenas cozinhá-lo na chapa, sem óleo.

E quer saber de uma coisa?

O prazer de sair ilesa, de ter conseguido me manter no foco, rumo ao meu objetivo, me deu muita satisfação e força para começar tudo de novo amanhã.

Porque para vencer na dieta é preciso ganhar um dia de cada vez.

É de batalha em batalha que se vence uma guerra.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Maio: dá para emagrecer de 2kg a 4kg de forma saudável. Vamos?

Gente, amanhã começa um novo mês.

Pra mim, nada melhor do que um dia 1º para começar uma nova dieta ou retomar a que você vinha fazendo com mais afinco.

E é justamente isso que eu vou fazer.

Vou retomar a Dieta Dukan com toda dedicação, carinho e firmeza que eu tenho dentro da minha cabeça e do meu coração.

Que tal você iniciar a dieta que está ensaiando há tempos para começar?

Que tal você retomar com força total a dieta que vinha seguindo de uma forma meio relaxada e, portanto, com resultados bem abaixo do que você realmente almeja?

Vamos todos juntos!

Com um ajudando o outro fica muito mais fácil.

Segundo os especialistas, é possível emagrecer de forma saudável de 500g a 1kg por semana (leia mais aqui).

Mas é preciso aliar a dieta à prática regular de atividade física, hein?

Enfim, estive pensando o que eu posso fazer para não perder a linha nos próximos 30 dias.

Para isso, a primeira coisa que tive de identificar é o que pode ser um grande risco para eu sair da dieta.

Depois de mapeado essa lista de inimigos, ficou mais fácil: bastou eu traçar uma estratégia para combater um a um.

Não ficou claro? Quer um exemplo?

Eu me dei conta que jaco quando:

  1. Chego em casa à noite (consigo manter a dieta firmemente durante todo o dia. Mas, nessas horas, a Bolotinha Diaba que mora de mim costuma estar com força total. E, vencida pelo cansaço, muitas vezes deixo ela me dominar e caio de boca em algo engordativo, ao invés de me dedicar às refeições permitidas na minha dieta)
  2. Chega o fim de semana (os estímulos são muito grandes para uma cabeça e um olho gordo como o meu. Aí, vez ou outra, acabo sendo abduzida pelo sorvete, pela torta doce da sobremesa, pela massa com molho de queijos, etc, etc, etc)
  3. Tenho algum evento social durante a semana (para mim tem sido difícil resistir ao vinho, caipirinhas e drinks)

Tendo a lista de inimigos na mão, eu tracei as seguintes estratégias para cada um deles:

  1. Deixar para cozinhar à noite, quando eu chego em casa. Cozinhar me distrai e me cansa também. Depois de gastar um tempão fazendo comidas saudáveis compatíveis com a dieta, fica muito mais difícil eu relaxar e deixar a Bolotinha Diaba me ganhar.
  2. Escolher os locais em que eu for no fim de semana, priorizando aqueles que têm mais opções para quem está de dieta. E, é claro, ir me preparando psicologicamente a semana toda para dizer não às tentações.
  3. Comer antes de sair de casa para qualquer evento social, mentalizar que eu não preciso comer nem beber nada de fora da dieta para me divertir e ser feliz e, como nunca é demais, dar uma olhadinha na foto mais gorducha que eu tenho no meu celular, só para eu não me esquecer que se eu relaxar, posso voltar a aquele corpo que não me pertence.

Entendeu qual é a dinâmica?

Agora é respirar fundo, olhar para o objetivo almejado e seguir em frente.

 

Contextualização

Há algumas semanas venho variando entre dias lindos na dieta e dias de grandes jacas.

Isso significa que tenho oscilado em torno do meu peso mínimo alcançado (60,7kg) de 2 a 3kg para cima e para baixo.

Porque, basta um fim de semana de relaxo que engordo até 3kg. É assustador.

E não quero mais isso não.

Embora minha meta fosse chegar aos 60kg, eu quero tentar alcançar os 58kg, para ficar com 2kg de reserva.

Assim, quando eu der uma relaxadinha em um fim de semana ou quando houver uma festa de aniversário ou casamento, por exemplo, vou chegar o meu peso-alvo – 60kg. Do jeito que está hoje, acabo me afastando muito da meta diante de qualquer derrapada.

Tenho pensado muito no porquê de eu estar nessa gangorra e cheguei à conclusão que o meu relaxamento se dá pelo fato de eu ter chegado muito perto da meta – pesei 60,7kg e meu objetivo era 60kg. Aí a disciplina e a firmeza de espírito terem cedido espaço para mais ‘sim’ do que ‘não’ às delícias engordativas da vida.

Mas o que não pode é desistir.

E  não sou mulher de jogar a toalha não.

Já cheguei até aqui e agora é um caminho sem volta.

Minha mudança de estilo de vida está em curso e, tenho certeza, cada dia estará mais introjetada no meu dia a dia, sendo cada dia mais tranquilo para mim.

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Conheça a nova dieta Dukan, lançada este mês na França

O médico francês Pierre Dukan acaba de lançar na França uma nova dieta, batizada como “A escada nutricional” (tradução livre da Bolotinha aqui. O nome original é L’Escalier Nutritionnel).

Essa notícia chega em primeira mão ao Brasil por este blog aqui, graças à dica que recebi da Daiane, que está sempre de olho no que eu publico. Ela mora lá na França e quis saber minha opinião sobre a novidade.

Não encontrei nadica de nada no Brasil sobre isso. Por isso fui direto à fonte, o site da Dieta Dukan lá na França.

Pelo o que eu li e foi publicado na imprensa de lá, posso dizer que achei S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!!!!

A dieta tem os mesmos fundamentos da Dieta Dukan tradicional, só que é mais leve e fácil de seguir.

Ao invés de termos uma fase de ataque que dura de 1 a 10 dias, uma fase de cruzeiro que se estende até você alcançar o peso ideal, uma fase de consolidação que deve ser seguida por 10 dias para cada quilo eliminado e uma fase de manutenção, que dura para a vida inteira, você tem a introdução de novos alimentos a cada dia da semana.

Em outras palavras: você começa a semana comendo bem menos alimentos e coroa o período com uma refeição de gala lá no último dia.

Reprodução site francês da dieta Dukan

 

  • A segunda-feira é só de proteínas puras permitidas na fase de ataque.
  • A terça-feira já pode ter legumes e verduras permitidas na fase de cruzeiro.
  • A quarta-feira pode comer uma fruta, como ocorre na fase de consolidação.
  • Na quinta-feira é a vez de entrar uma fatia de pão integral, que antes só entrava também na consolidação.
  • Na sexta-feira é a hora do queijo com até 20% de gordura.
  • No sábado, pasmem!, entra uma porção de carboidrato.
  • No domingo, por fim, dá para ter uma refeição de gala.

 

As quantidades e doses de pão, massas, frutas e queijos devem respeitar rigorosamente a prescrição feita na fase 3 da dieta Dukan tradicional.

Bacana, não é?

De acordo com o site do programa, testes realizados por lá demonstram que as pessoas emagrecem de 700 a 800 gramas por semana.

Segundo o Dr. Dukan, essa dieta é indicada para quem:

– Ganhou um pouco de peso depois que terminou seu último regime

– Tem apenas alguns quilinhos para eliminar

– Quer perder peso tranquilamente e sem frustração, porque essa dieta é mais lenta do que a Dieta Dukan tradicional.

“Dia após dia, essa aprendizagem vai sendo gravada no cérebro e se tornando automático, o que ajuda a pessoa a nunca mais engordar”, explica o médico no seu site oficial.

Na minha avaliação, é uma alternativa perfeita para quem não consegue ficar por um período tão longo sem comer legumes e verduras (não permitidas na fase de ataque tradicional) ou frutas, pães e carboidratos em geral (não permitidos na fase de cruzeiro tradicional).

Estou entrando em contato com a assessoria de imprensa do programa aqui no Brasil para ver e eles me mandam mais informações sobre o método e confirmam quando ele vai chegar oficialmente no Brasil.

Até que haja uma divulgação oficial do método no Brasil, com mais clareza de detalhes sobre como segui-lo para alcançar os resultados aferidos em pesquisas, não recomendo que ninguém migre para esta opção.

Se você decidir fazer, vai ser por sua conta e risco, ok?

🙂


 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Desafio: 7 dias sem sal extra na comida para secar o corpitcho

 

Hoje eu quero propor um desafio para todos nós:

Que tal passar 7 dias sem sal extra na comida?

Essa medida simples pode sim te ajudar a mexer o ponteiro da balança um pouquinho para baixo.

Sabe por quê?

Porque o sal incha e faz com que seu corpo retenha líquido.

O médico francês Pierre Dukan explica em seu livro “Método Dukan Ilustrado” que 1 litro de água pesa 1 quilo e que cada 9 gramas de sal têm a capacidade de reter 1 litro de água no corpo.

Olha aí na foto o que são 9g de sal.

Esta é uma colher de sopa. Não precisa nem enchê-la para chegar aos 9g. Então, cuidado com a quantidade do sal na sua alimentação, colega! Esse pouquinho aí é capaz de reter 1 litro de água no seu corpo, o que representa 1 quilo. Foto: Amanda Brum

Bem pouca coisa!

Imagina o quanto a gente come todos os dias nos alimentos que ingerimos?

Sem contar com o que vem dentro dos alimentos industrializados, super ricos em sódio.

Entendeu qual é o drama?

Simples assim: se você comer 9 gramas de sal por dia, pode reter 1 litro de água no corpo, o que pode representar 1 quilo a mais na balança.

Assustador, não é?

 

Por isso, nesta semana, vou sumir com o saleiro da mesa e também vou passar longe daqueles saquinhos que os restaurantes deixam à nossa disposição.

O desafio é comer o alimento como ele vai ao prato.

A salada ‘in natura’, temperada só com ervas.

Tem gente que tem medo de não sentir o sabor do alimento.

Eu também tinha, mas aprendi que o paladar se reeduca.

Uma vez li uma pesquisa científica que dizia que quanto mais a gente come sal, mais o nosso corpo perde a sensibilidade para notar esse sabor. A consequência é que cada dia é preciso por mais sal no prato para sentir o sabor que a gente gosta.

E esse sabor cada dia fica mais distante do original e real do alimento.

Fiz esse ‘detox ‘ de sal no spa e consegui eliminar 2,5kg.

Consumo quase zero de sal + dieta de pouca calorias + atividade física = 2,5 kg e 21cm a menos.

Vale a pena tentar, não acha?

 

Para dar uma mãozinha para o processo de desinchar, vou tomar também chá de hibisco, que tem propriedades diuréticas.

Mas atenção: a nutricionista Bruna Rollo, de Itanhaém (SP), explica que o ideal é tomar 2 porções de água para cada porção do chá, para que seu corpo não desidrate. Ou seja, para cada copo de chá tomado tem que ingerir 2 copos de água.

O chá só não é indicado para quem tem pressão baixa.

Para fazer, é fácil: ferva 1 litro de água e acrescente 2 col de sopa de hibisco seco ou 2 sachês do chá.

Quem está comigo nesse desafio, hein?

Vamos que vamos. Rumo ao corpo que me pertence!

 

Ah, para quem tem dúvidas sobre os malefícios do sal, há quem diga que ele pode até mesmo causar cegueira.

Veja esse vídeo aí embaixo:

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

 

 

Inacreditável: rompi uma nova barreira rumo à minha meta

 

 

Hoje de manhã me deu vontade de fazer que nem a Sabrina Sato nesta foto: dar um pulo de alegria! Foto: Reprodução Instagram

Mal pude acreditar hoje de manhã quando me pesei.

Cheguei a 60,7kg!!!

Chorei de felicidade.

Juro!

Foto: Amanda Brum

E sabe por que chorei?

Porque aprendi a comemorar cada avanço que tenho rumo ao corpo que me pertence.

A cada vez que mudo de unidade de peso, celebro com muito fervor. Porque já entendi que depois de quebrar esse tipo de barreira, estaciono por um bom tempo e fico sem ter boas notícias da balança.

O danado do meu corpo é resistente pra caramba.

Quer ver alguns exemplos?

Estacionei nos 70/71kg por uns dois meses.

Depois foi a hora de parar na casa dos 69kg.

Não descia para os 68kg nem por decreto.

Mais recentemente, fiquei na casa dos 63kg por quase 3 meses.

Quando caí para os 62,8kg, parecia que a balança havia quebrado, porque só mostrava esse número no visor.

Daí os 60,7kg de hoje serem tão emblemáticos.

Então, colega, não desista nem se desespere se seu corpo te pregar umas peças e você ficar um período sem emagrecer.

Recebo muitas mensagens de pessoas preocupadas porque acham que emagreceram pouco, mesmo tendo eliminado muito mais do que a média semanal indicada e esperada (de 500 gramas a 1kg. Quanto mais peso você tem para eliminar, maior tende ser a perda semanal. Quanto menos peso você tem para se livrar, a tendência é que a queda de peso semanal seja menor também).

Sem contar que, com esse resultado que registrei na balança, resta-me apenas 700g para chegar à minha meta.

Independente de eu atingir os 59,9kg esta semana, semana que vem ou na outra, já decidi que vou me manter na fase de cruzeiro da Dieta Dukan por mais um tempo.

É que como jaquei feio no fim do ano e dei umas boas derrapadas na semana passada por conta do meu aniversário, quero ter certeza de que meu organismo está pronto para absorver as mudanças que ocorrerão quando eu entrar na fase de consolidação.

O plano, a princípio, é o seguinte:

Estou em 5 dias PPs

A partir de amanhã entro em 5 dias PLs, com uma semi-jaca programada (sábado sou madrinha de casamento de um casal de amigos que adoro e vou com certeza brindar com algum drink)

Findo esse período, faço mais 10 dias de PP/PL, independente do peso que eu estiver registrando na balança.

Se eu tiver atingido minha meta ao término desse período, ótimo.

Já entro na consolidação.

Se eu não tiver alcançado ainda meu resultado, sigo no PP/PL até a balança registrar 59,9kg.

J

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha