Celebrando as pequenas grandes conquistas 

  
Tempos atrás, antes de eu emagrecer 16kg com a #dietadukan e voltar ao peso ideal, eu ficaria maluca com uma mesa de café da manhã como essa. Eu me lembro que pegava os maiores pedaços de todos os bolos que via pela frente nos hotéis em que me hospedava. E a gana, gula e ansiedade para comer era tamanha que eu praticamente engolia tudo e mal sentia o gosto das guloseimas. Valia a pena? Óbvio que não. Por maior que fossem os pedaços, eles não eram suficientes para me satisfazer. Faltava coisa na minha vida, e não era comida. Durante a dieta, comecei a me observar e a identificar as minhas “fomes” e passei a me alimentar de outras coisas além de comida: amor próprio, carinho comigo mesma, autoestima, respeito e compreensão com minhas necessidades e limitações. Hoje, consigo olhar para uma mesas dessas e não me abalar. Como uma fruta, um queijo, um ovo mexido e, no fim de tudo, se eu ainda estiver com vontade, escolho o bolo que mais me atrai e corto uma fatia beeeem fininha. Ao invés de devorá-lo em questão de segundos, como com toda a calma do mundo, como se fosse a última refeição que eu fosse fazer na vida, apreciando cada garfada e aproveitando cada mastigada. E isso para mim é bom demais. Eu ainda estou trabalhando nessas outras “fomes”, que são as que me levam vez ou outra a sair da linha e ganhar uns quilinhos indesejados. A terapia e agora o programa de life Coaching para emagrecimento que estou fazendo estão sendo fundamentais para essa virada. Mas estou muito, mas muito, mas muito feliz mesmo com o que já conquistei. Viva! E tenho certeza que vou conquistar muito mais. 🙏🏻#dicadabolotinha #coachingdeemagrecimento #emagrecebolotinha #rumoaocorpoqmepertence #bolotinhafeliz #bolotinhaontheroad #fériasdabolotinha 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *