Treino curto e eficiente 

Olá gente boa e do bem! Hoje é sábado, mas já fiz de tudo! Agora está bem mais fácil eu me arrastar pra academia (odeio academias!), Pq estou seguindo o treino que meu médico recomendou. A lógica é trabalhar poucos minutos (20′), mas em altíssima intensidade. Segundo ele, com uma dieta equilibrada e esse treino 4x por semana dá pra queimar bastante gordura e até aumentar a massa muscular. Conto mais detalhes no vídeo completo que está no meu canal do YouTube : www.youtube.com/emagrecebolotinha #emagrecebolotinha #dicadabolotinha #saúdeéoqinteressa #façopormerecer #docéusócaichuvagranizoeneve 

 

imageQuem me acompanha  sabe que emagreci 16kg com a #dietadukan, voltei para o peso ideal e consegui manter as minhas conquistas em 2014 sem engordar tudo de novo, porque mudei os meus hábitos. Como eu costumo dizer, se voltar a comer como antes, voltarás a ser como antes.
Para 2015 quero, sem neuroses e sem exageros, trabalhar para reduzir meu percentual de gordura.
Fiz exames no fim do ano passado e minha saúde permanece na mais perfeita ordem. A bioimpedância mostra que estou dentro dos padrões normais de gordura ao considerar o corpo todo, mas que ainda há uma concentração maior do que o indicado na região abdominal.
Eita, não quero mais isso não! Não almejo barriga negativa nem barriga zero, mas quero diminuir a gordura que sobrou por ali. Até porque gordura na barriga é um perigo para a saúde!
E não quero nada que eu já não tenha tido antes: eu tinha a barriga sequinha antes de engordar o tantão que engordei.
Então chega de blá blá blá que eu vou lá pra academia treinar.
Meu plano de ação compreende musculação 3x por semana (treino de 30′ sem intervalo, para queimar mesmo), 45′ a 60′ de aeróbico de 5 a 6x por semana e o meu pilates 2x por semana, porque tenho 3 hérnias de disco na lombar e não posso brincar.
A dieta, feita pela nutricionista Ligia Henriques, varia entre os dias com e sem musculação. E traz uma novidade pra mim: a dupla feijão com arroz no almoço de todos os dias. Mas não é à vontade não! No meu caso são 2 col de sopa de feijão e 3 col de sopa de arroz.
Também tenho uma fatia de pão integral a mais do que eu estava acostumada a comer na Dukan, pra reforçar o lanchinho pós treino.
A quantidade calórica está em cima da minha taxa de metabolismo basal. Com isso, devo obter resultados mais rápidos.
E nada de carboidratos depois das 18h. Meu jantar e minha ceia têm foco em alimentos mais proteicos, com direito a uma saladinha para complementar.
E vamos que vamos que a gente faz por merecer.

Chega de moleza! Começa agora a fase “Bolotinha, a exterminadora de banha”

Nunca pensei que eu diria isso um dia na vida, mas aqui vai:
Estou radiante de felicidade porque fechei um plano anual na academia.
Sim, eu, euzinha, que sempre odiei academia, estou felicíssima com esse passo que dei.
Sabe por quê?
Porque fui obrigada a admitir para mim mesma que só com caminhada, pilates e dieta não vou conseguir exterminar as banhas que estrategicamente ainda insistem em permanecer na minha barriga, nas minhas costas e nos meus braços.
Che-ga-aaaa!
Gordurinha, gordurão, vai saindo de montão!
Suas banhas safadas, vocês estão lascadas na minha mão!
Vou pegar pesado na malhação, com foco bem intenso nos aeróbicos.
Não estou disposta a voltar para a musculação neste momento por duas razões muito simples:

1. Eu ganho massa magra extremamente rápido porque já fui bailarina profissional, sendo que na infância e na adolescência meus treinos eram pesadíssimos. Então minha memória muscular é grande e minha facilidade para crescer é gigantesca. Se isso acontecer, o ganho de músculo vai pesar na balança e eu fatalmente vou desanimar, porque não estarei vendo a redução de peso. Como já faço e continuarei fazendo pilates 2x por semana em estúdio com fisioterapeuta, minha necessidade de atividade localizada já está bem coberta.

2. Eu tenho tendência a ficar com preguiça do aeróbico e gostar mais da musculação, que é infinitamente mais fácil para mim do que ficar que nem um ratinho na esteira ou uma maluca por horas no elíptico. Então é melhor eu não criar neste momento brechas para que minha Bolotinha Diaba me desvie do meu objetivo principal, que é exterminar as banhas que sobraram no meu corpo. Eu sei que musculação é importante para queimar gordura, mas, acredite, eu conheço o meu corpo. Eu ganho massa magra com o pilates, então imagine se eu for fazer musculação de verdade.

Eu só quero queimar essas gordurinhas e ficar com o corpo mais definido.
Vamos ver o que o professor da academia vai me recomendar amanhã, que é quando tenho marcada a primeira conversa para montagem do meu treino.
Operação verão sem canga modo ativado!
Vamos que vamos, porque a gente tem que fazer por merecer.
Afinal, como eu costumo dizer, do céu só cai chuva, granizo e neve.
Siga meu Instagram @amandabrum13
Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha