Reality da Bolotinha: hora de sair às compras!

Quem está me acompanhando há mais tempo já sabe: resolvi fazer um trabalho de consultoria de imagem para ver se eu dava um jeito no meu problema de distorção, porque eu  vejo meu corpo bem diferente do que dizem que ele realmente está (eu me vejo bem mais gorda. E quando estava gorda, me via bem mais magra. Uma loucura só…). Por isso estou trabalhando há um tempo com as meninas da Assinatura de Estilo, que já identificaram quem eu sou, as cores que me favorecem, as proporções do meu corpo, me propuseram, na teoria, uma nova identidade visual , limparam meu guarda-roupa para começar a colocá-la em prática e agora me levaram para fazer compras. (Pra quem quiser rever os textos desse reality de transformação de imagem, basta clicar aqui).

Colega, esse lance de fazer compras com consultoras de imagem não é bolinho não!

Foi um choque atrás do outro!!!!

Comecei me achando ridícula, um hipopótamo de tão gorda. Sério, eu queria sair correndo das lojas.

Tudo o que elas tinham escolhido eu achava que não era para mim.

E toda peça que elas me entregavam eu achava que não ia me servir.

Mas, para minha grande surpresa, todas serviram.

E teve até peça número 36! Fiquei de cara….

À medida que eu ia experimentando mais roupas e indo a mais lojas, fui calibrando meus olhos e me gostando mais nas roupas que elas me propuseram.

Calça super estampada? Sim, ficou bem pra mim. Nem acredito!

Camisa, mesmo com os peitões que tenho? Também ficaram boas. Mal pude acreditar!

Cinto como acessório? Foi um choque, mas há cintos que me caem bem e me valorizam sim.

Eu aprendi demais nesse processo, embora não tenha comprado quase nada.

E a ideia não era comprar mesmo.

O objetivo era aprender a comprar.

Elas me levaram a lojas bem caras, que eu normalmente não frequento, para que eu tivesse a experiência de experimentar coisas diferentes.Eu podia ter pedido para ir onde eu sempre vou, ou mesmo a magazines “fast fashion” como C&A, Renner, Riachuelo ou Mariza. Mas gostei da proposta de ir a lugares que eu nunca entraria.

Elas me ensinaram a ver a qualidade dos tecidos, o corte das roupas, o acabamento das peças, o que me valorizava e o que não era tão bom assim para mim.

Elas me mostraram na prática a diferença que as cores certas podem fazer para o meu visual.

Com esses ensinamentos, tenho certeza que farei boas escolhas a partir de agora nas lojas em que eu costumo comprar.

Todas as fotos dessa experiência estão no Pinterest do blog. Vai lá dar uma olhada! Basta clicar em www.pinterest.com/ebolotinha 

Agora a próxima fase do processo é elas irem em casa e montarem looks com as roupas que ficaram no guarda-roupa, as que eu mandei para ajustar na costureira e as que eu vier a comprar.

Estou louca pra isso acontecer logo.

E pode deixar que vou contar tudinho pra vcs 🙂