Como manter o equilíbrio no fim de semana

O sábado amanheceu lindo e o sol já está brilhando lá fora. ☀️. Quais são os seus planos pra hoje e para amanhã? Quanto do seu prazer e da sua diversão está ligado à comida? . Já pensou nisso?

Se na sua cabeça o bom do fim de semana é poder encher a cara de comida e de bebida, é melhor você rever seus conceitos se estiver a fim de manter uma vida mais saudável e equilibrada.

Teve uma época que me divertir era sinônimo de ir a um restaurante ou a um bar. Qual era o resultado? Eu engordava o que tinha emagrecido na semana, porque eu ia aos lugares para me esbaldar.

Agora tenho procurado outros programas bacanas, que me alegram, divertem e não necessariamente envolvem comida. Quer ver?

Tenho caminhado pelo bairro para ver pessoas, vitrines, o movimento

Vou ao cinema

Assisto a filmes e séries

Vou passear na avenida Paulista aos domingos, quando ela fica aberta ao público e tem um monte de atrações gratuitas

Eu tenho procurado dissociar diversão do ato de comer e beber como se não houvesse amanhã.

Se vou a um restaurante, procuro focar minha diversão mais nas minhas companhias, no papo, do que na comilança. Aí ganho forças pra fazer escolhas mais saudáveis.

Se vou a um bar, procuro me divertir mais com as conversas e bobagens do que com os drinks. E tento beber menos do que eu tenho vontade de beber.

E você, qual é a boa do seu fim de semana?

#emagrecebolotinha #devagaresempre #chegaderadicalismo #comereemagrecer #comidadeverdade #equilíbrioentrecorpoemente #comidasaudável #soudeverdade #gentereal

 

Só neste fim de semana se livre do só por hoje e do só um pouquinho

fimdesemanasemjaca

Chegou o fim de semana!

Aê!!!!!!

Havia muito tempo que eu não esperava tanto por uma folga.

Minha viagem a trabalho ao Rio foi muito cansativa e no fim de semana passado trabalhei tanto pela mudança do blog que praticamente não descansei nada.

Estou exausta.

Não vejo a hora de poder acordar sem despertador e ficar o tempo que o meu corpo pedir estendida na cama.

Ufa…

Mas não é por isso que quero perder o foco.

Então, estou me preparando já para o fim de semana e para resistir às duas principais tentações desses dias de descanso:

 

TENTAÇÃO 1:

Só por hoje

TENTAÇÃO 2:

Só um pouquinho.

 

Entendeu onde eu quero chegar?

Ah, vou quebrar a dieta só por hoje.

Ah, vou tomar uma cerveja só por hoje.

Ah, vou comer um lanche só por hoje.

Ah, só um pouquinho de chocolate não vai atrapalhar.

Ah, só um pouquinho de vinho não vai fazer mal.

Ah, só um pouquinho de bolacha o corpo não vai sentir.

 

Colega, vamos combinar uma coisa?

Neste fim de semana a gente não vai jacar. 

E ponto final.

O só por hoje e só um pouquinho no fim de semana pode representar quase 45% dos dias de um ano, sabia?

Então, olho aberto e foco nos seus objetivos.

A gente chega lá. Ah, chega!

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

Saiba como resistir ao fim de semana sem sofrer nem colocar a dieta em risco

Uma estratégia que funciona é fazer os encontros na minha casa. Assim tenho como preparar os alimentos que são permitidos na minha dieta, aproveitar a companhia das pessoas que são importantes para mim e me divertir sem colocar meus objetivos em risco. Foto: Amanda Brum

Fim de semana é sempre a parte mais desafiadora da semana para quem está fazendo dieta para perder uns quilinhos.

Afinal, é quando relaxamos, ficamos mais em casa, saímos para nos divertir, encontramos as pessoas que amamos, enfim, nos vemos mais expostos às tentações que nos fizeram engordar.

E, quando ainda nos restam muitos quilos para emagrecer, precisamos nos manter mais focados para que os resultados não tardem tanto a demorar. Porque, sejamos sinceros, se a dieta começa a demorar para dar resultados a gente facilmente desiste, não é mesmo?

Daí ser fundamental segurar a onda no fim de semana.

Uma das técnicas que uso é a mentalização positiva dos resultados que já obtive e o pensamento de que não mereço colocar essas conquistas em risco.

Já na sexta-feira vou mentalizando os meus avanços e dizendo para mim mesma que eu mereço cada grama que eu eliminei, cada centímetro que eu diminui, cada roupa nova em um número menor que eu adquiri, cada dor a menos que sinto nos joelhos, nas costas, nas juntas, cada elogio que recebi. Vou pensando e falando para mim mesma que eu quero e mereço avançar um pouco mais em direção à minha meta, e que não preciso nem quero fazer nada que me tire desta rota de sucesso.

Essa mentalização ajuda com que a gente consiga colocar as tentações em seu devido lugar. O que é mais importante para você agora: comer uma macarronada gratinada aos quatro queijos ou esperar um pouco mais para chegar ao peso que você almeja e, a partir daí, ir reintroduzindo alimentos que você ama, mas de uma forma mais consciente e prudente, sem os excessos que te levaram a engordar?

Outra técnica que funciona para mim é olhar para como estou e como quero chegar.

Quando sei que terei um fim de semana muito desafiador e que já dei umas derrapadas durante a semana que me exigem maior vigilância para eu não me perder e voltar a engordar, pego uma foto de quando cheguei ao auge da fofice e comparo com a foto de quando estive no meu auge da boa forma.

Isso me faz enxergar como não quero mais ficar e me enche de energia para eu voltar à forma física que eu mais gostei para mim.

Todas as vezes que vem aquela tentação, aquele amigo dizendo “Só um pedacinho” ou aquele parente oferecendo “só um copinho”, eu puxo na memória a minha imagem mais gorducha e digo para mim mesma que não preciso nem do pedacinho nem do copinho naquele momento. Que assim que eu atingir meus objetivos vou ter o momento em que poderei comer isso tudo com consciência e responsabilidade, de uma forma em que conseguirei obter o máximo prazer dos alimentos sem prejudicar a minha saúde e sem correr o risco de engordar o que eu já emagreci.

Se for para rolar jantar ou encontros familiares, procuro marcar na minha casa. 

Assim tenho como preparar os alimentos que são permitidos na minha dieta.

E, de quebra, ainda me movimento para caramba, porque preparar comida e organizar bebida para um monte de gente e depois arrumar tudo dá um trabalho danado.

Se minha mãe fosse viva, certamente o almoço de domingo seria aqui em casa.

Em casos mais extremos, uso a boa e velha marmita.

Se vou para a casa de pessoas que tenho intimidade e sei que terá à disposição muita coisa que amo e que ainda não posso comer, levo minha comida de casa para que a frustração alimentar não seja tão grande.

E vou repetindo para a minha cabeça o tempo  todo que estarei naquele lugar para curtir a companhia daquelas pessoas que são importantes para mim, e não para me empanturrar de comida que ainda não faz parte da minha dieta, porque eu mereço ser feliz com quem eu quero estar, mas também mereço ser feliz com meu corpo, e para isso é importante eu seguir a minha dieta até alcançar meus resultados e, depois, para mantê-los para sempre.

Se nada disso resolver e você realmente for dar aquela jacada, uma dica que dou é: escolha apenas uma área para abusar. 

Um dos maiores erros de gente como eu, que tem a cabeça de gordinho, é o pensamento “já que…”.

Já que eu já comi um bife à parmegiana, vou comer uma taça tripla de sorvete com chantilly, farofa e cobertura de chocolate.

Já que eu comi uma torta de limão beeeem gostosa e calórica, vou jantar 4 pedaços de pizza de 4 queijos. Afinal, já saí da dieta mesmo, não é?

Não, não e não.

Já comeu a fritura? Matou a larica? Pare por aí.

Já comeu o doce? Alimentou as lombrigas? Pare por aí.

E no restante do dia tente pegar mais leve para o estrago não ser grande demais.

Vamos nessa?

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Quer manter a dieta em aniversários, festinhas e mesas de bar? Cola na minha!

Foto: Alvaro Barrientos/05.09.2010/AP

Gente, eu me propus a fazer do mês de maio o meu mês de virada.

Como contei no post de 4a feira (leia-o clicando aqui), eu dei uma boa relaxada da dieta e, mesmo estando pertíssimo do meu objetivo final, não estava conseguindo seguir adiante.

Sabe o que faltava?

Foco, determinação e persistência.

E eu tive que me revestir de todo o foco do mundo, toda a determinação do planeta e toda a persistência do universo para obter sucesso neste primeiro dia de maio.

Sabe por quê?

Porque foi a comemoração de aniversário do meu namorido. E ele marcou em um boteco que eu A-D-O-R-O.

Caracas, quer desafio maior para um primeiro dia de dieta?

Mas eu não ia jogar a toalha no chão logo diante da primeira dificuldade.

E de fato não joguei. Ufa!

Fiquei na mesa do bar das 15h até 22h45 sem nem passar perto de uma jaca.

Nada de caipirinhas. Nada de cervejas. Nada de bolinhos. Nada de risotos. Nada de docinhos. Nada de bolo de brigadeiro pós-parabéns.

Tomei 6 garrafas de água, 2 pepsi zero, comi 1/2 porção de frango grelhado aperitivo como almoço e, de jantar, 1 filé mignon com 2 ovos na chapa.

Ou seja, fiz um lindo e típico dia de proteínas puras da Dieta Dukan (mais sobre a dieta neste link aqui).

Para conseguir me manter no foco, usei as seguintes estratégias:

  • Ao acordar, saí para fazer uma boa caminhada. Andei 7km em 70min. É que já percebi que sempre que pratico exercício, eu tendo a fazer a dieta mais direitinho. Afinal, depois desse esforço todo para fazer algo que não gosto muito (atividade física), não faz o mínimo sentido eu estragar tudo na hora de sentar à mesa. Funcionou! 🙂
  • Fui mentalizando desde o dia anterior que eu teria à minha frente todas as delícias que eu amo, mas que nesta 5a feira eu não precisaria consumi-las. Seria apenas um dia entre os milhares de outros que eu terei pela frente na minha vida.É um pequeno sacrifício para que eu pudesse manter meu foco e atingir minha meta. Funcionou! 🙂
  • Fui mentalizando desde o dia anterior que para comemorar o aniversário do meu namorido eu não precisaria encher a cara nem de comida, nem de cerveja. Que para eu me sentir feliz e fazê-lo feliz  bastava eu estar de coração aberto ali, aproveitando cada momento com as pessoas que são importantes para ele. A comida e a bebida são apenas coadjuvantes da festa. Não são – e nunca deveriam ser – os personagens principais desse tipo de evento. Funcionou! 🙂
  • Fui vestida com a calça mais justa que tenho no momento, que ficou muito, mas muitos anos sem me servir. Embora ela já esteja bem confortável, estar com ela no corpo durante toda a festa me ajudou a me lembrar dos meus objetivos de emagrecimento e o quanto estar mais leve me faz bem. Bastava passar as mãos na calça para que qualquer vontade de jacar fosse embora. Ela me fez lembrar que não valia a pena nenhum deslize neste momento, pois terei oportunidades para fazer isso com tranquilidade mais para a frente, quando minha calça voltar a ficar folgada.
  • Tive muita paciência para escolher o que eu ia comer. Fui exatamente nos alimentos que são permitidos na minha dieta e não titubeei em pedir adaptações – como não fritar o ovo, apenas cozinhá-lo na chapa, sem óleo.

E quer saber de uma coisa?

O prazer de sair ilesa, de ter conseguido me manter no foco, rumo ao meu objetivo, me deu muita satisfação e força para começar tudo de novo amanhã.

Porque para vencer na dieta é preciso ganhar um dia de cada vez.

É de batalha em batalha que se vence uma guerra.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Conheça a São Paulo pra quem faz dieta. Dá pra ser muito feliz nessa cidade!

Quando a gente está de dieta, às vezes sofre porque não consegue ir a lugares bacanas, fazer um jantar especial com o marido/namorado/amigos, e não sai do duo salada e grelhado.

Mas São Paulo, essa cidade incrível, tem inúmeras opções para quem quer curtir um momento especial com alguém especial  sem enfiar o pé na jaca.

Para quem mora por aqui, vale a dica.

Para quem é de fora, fica a sugestão para quando vier visitar essa gigante brasileira.

🙂

 

Insalata

Foto: reprodução/www.insalata.com.br

Esse é um dos meus restaurantes preferidos em São Paulo.

O cardápio de saladas é maravilhoso e tem opções que super satisfazem.

Você pode escolher pela porção completa (para quem está com muita fome ou está muito ansioso), ou a meia porção (que super satisfaz).

Se quiser agregar um grelhado, super pode.

O hambúrguer de fraldinha é maravilhoso.

E a salada de queijo de cabra é simplesmente sensacional.

Na Dukan, peça para tirar o que não é permitido. Eles são super gentis e sempre adaptam para o que você pode comer.

Serviço: Al. Campinas, 1478, Jardins.

 

 

Frutaria São Paulo

Foto: reprodução/www.frutariasaopaulo.com.br

Esse lugar é super charmoso, fica na rua Oscar Freire (área mais luxuosa da cidade), e serve saladinhas, sucos e sanduíches bem leves e com ingredientes selecionados.

Meus preferidos são os omeletes de clara de ovo, bem proteicos e 100%  adequados à dieta Dukan,

Adoro o que vem com frango desfiado e requeijão light.

Para beber, tem sucos e mais sucos, até aqueles que prometem fazer bem para saúde, parte da lista dos “terapêuticos”. Tem detox, para o estômago, para o coração…

Serviço: Rua Oscar Freire, 187, Jardins.

 

A Chapa

Foto: Reprodução/www.achapa.com.br

Para quem é louco por sanduíches mas está de dieta, esse é, sem dúvida, o melhor lugar para você.

O Fit Burguer é sensacional!

Trata-se de um lanche em que, ao invés de pão, há folhas de acelga gigantescas que envolvem o sanduíche.

Fica sensacional!

Se você pedir sem maionese, é 100% Dukan.

Serviço: Rua Dr. Melo Alves, 238, Jardins.

Aberto todos os dias das 7h30 às 1h.

 

Ráscal 

Foto: Reprodução/www.rascal.com.br

Na minha opinião, o melhor buffet de saladas da cidade.

Há também proteínas por lá, como atum, carpaccios de salmão, queijos finos, e muitas outras coisas que fazem quem está de dieta muito feliz.

O negativo é o preço: o restaurante é bem caro.

Se for para ir lá, guarde para uma ocasião especial e delicie-se.

Tudo é de primeiríssima qualidade.

Serviço: Alameda Santos, 870, Jardins.

 

Casa do Espeto

Foto: Reprodução/www.casadoespeto.com.br

100% compatível com a dieta Dukan e com qualquer outra que você siga, a casa do Espeto tem muita proteína de ótima qualidade e espetinhos de vegetais.

O ambiente é delicioso, a decoração é rústica, mas bonita, e o sabor dos espetos é bem bom. O ruim é que essa casa é cara.

Eu, na verdade, sou fã de vários espetinhos de São Paulo, especialmente dos ‘pés sujos’ que nem website tem.

O meu preferido é o Olivo’s Spetus, que fica bem pertinho da minha casa, na rua Homem de Mello, em Perdizes.

 

Parque do Ibirapuera

Um dos maiores parques da cidade, é delicioso para fazer uma caminhada ou andar de bicicleta.

 

Parque Villa Lobos

Foto: Werter Santana/Agência Estado

Acho mais frescucho do que o Ibira, que é bem #curintia, mas é agradável e bonito para se caminhar batendo um papo com alguém especial.

 

Minhocão

Foto: Marcelo Billi

Adoro!!! Acho o minhocão horroroso e lindo ao mesmo tempo. Super curto caminhar por lá ou andar de bicicleta. Fico observando aqueles prédios lindos e antigos que ficaram abandonados depois dessa obra do Maluf que mudou – e estragou – a arquitetura da região.
Siga meu Instagram: @amandabrum13

 

 

Programe-se: há atividades que divertem e fazem bem para a dieta no fim de semana

Está chegando o fim de semana e, junto com ele, vem o medinho de deslizar e de botar a perder as conquistas dos dias úteis.

Calma, colega!

Separei uma série de dicas que podem te ajudar a passar ilesa pelo fim de semana, mesmo com programas para lá de bacana que você pode fazer sozinha, com seus amigos, com sua família e filhos.

Vamos lá! Ânimo!

Deseje que vai dar certo.

Acredite que vai dar certo.

Faça dar certo.

 

MERCADO MUNICIPAL 

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo

A maior parte das cidades do Brasil tem um mercado municipal repleto de frutas, legumes, verduras, carnes, frangos, peixes, queijos e temperos mil.

Se bater uma fominha no meio do programa, não há lugar melhor para encontrar algo que se encaixe na sua dieta.

E, muitos desses mercados são pontos turísticos, por terem uma arquitetura diferenciada ou serem um monumento histórico.

Por que então não aproveitar o fim de semana para visitar um lugar desses?

Além de andar – que, por si só já é excelente para a saúde -, você se distrairá.

Eu adoro comprar ervas e temperos no Mercado Municipal de São Paulo.

Para quem faz dieta, esses ingredientes são fundamentais para realçar o sabor e a cor de alimentos que, normalmente, são meio sem gosto justamente por não terem quase gordura.

Então capricha!

Só me faça um favor: coma antes de sair de casa, ok? E vá bebendo bastante água.

Assim a  Bolotinha Diaba que vive dentro de você estará um pouco mais calma, o que te dá

 

PRAIA 

Amo praia! Andar pela areia fofa é uma maravilha. Descarrega as energias, relaxa e ajuda a queimar umas calorias para compensar a comilança das férias. Foto: Amanda Brum

Se você mora em uma cidade praiana, larga a mão de bobagem e vá se divertir na areia.

Conheço muito gordinho e gordinha que foge do mar ou do rio porque tem vergonha de colocar roupa de banho.

Não seja bobo(a)!

Ninguém tem nada a ver com a sua vida.

Se você se sentir mais confortável, vá de bermuda e camiseta. Pronto.

Aonde é que está escrito que só se  entra na praia de biquíni e sunga, hein?

Vá se divertir e aproveite para queimar umas calorias.

Caminhe na areia, nade, jogue frescobol, brinque com as crianças, enfim, movimente-se.

Só fuja das tentações que circulam pela areia, como os sorvetes cremosos, o amendoim, as cocadas, as raspadinhas, as caipirinhas e as frituras.

Invista no milho verde cozido e na água de coco.

Se a sua dieta for a Dukan, vá de peixe ou frutos do mar grelhados.

Mais dicas de como sobreviver na praia sem ferir a dieta você encontra nesse link. 

 

PARQUE PÚBLICO

Foto: Arquivo Pessoal

Não tem nada mais gostoso do que caminhar no meio da natureza em dias quentes e abafados como os que estão fazendo no Brasil.

As árvores, os lagos, os pássaros, tudo conspira para que você se sinta mais calmo(a) e relaxado(a).

Na maior parte dos parques públicos do Brasil, ainda tem à disposição do público playgrounds para a criançada se divertir.

Em outros, há até mesmo equipamentos de ginástica.

No Parque da Água Branca, em São Paulo, há uma área reservada para os idosos que, quando está vazia, dá até para você arriscar umas pedaladas em uma das bicicletas disponíveis para a população.

É uma delícia e a diversão está garantida par a família toda!

 

CICLOVIAS

Foto: Daia Oliver

Usar as ciclovias é uma maneira lúdica e saudável de aproveitar o fim de semana para passear e se divertir.

Para quem não tem bike, não precisa se preocupar.

Próximo a várias ciclovias há bicicletas para alugar.

 

SISTEMA SESC 

Essa piscina é do Sesc Belenzinho, na zona leste da capital paulista. Foto: Futura Press

Quem não conhece, tem que conhecer.

Nos SESCs espalhados por todo o país há uma série de atividades recreativas de graça ou que custam muito pouco para a população.

Há grupos de caminhadas, hidroginástica, yoga, bailes, festas, e tudo mais.

Sem contar com as apresentações teatrais.

Vale a pena ir conhecer a unidade mais próxima da sua casa.

 

E lembre-se:

Dieta que dá certo não para no fim de semana. Não desista, hein!

 

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha 

 

Fim de semana na praia é de lascar qualquer dieta

Gente, existe algum lugar mais tentador do que a praia?

Fico desesperada!!!

É milho verde, água de coco, sorvete, cocada, queijo coalho, isca de peixe frita, camarões fritos ao alho e óleo, cerveja, caipirinha, batida de coco com leite condensado…

Misericórdia…

Haja persistência para não cair em tentação.

Como estou me esforçando para sempre ver o lado bom de tudo, o que vejo de vantagem na praia é a possibilidade de andar bastante.

Se a caminhada for com a água do mar batendo na altura da canela, melhor ainda! O gasto calórico é potencializado.

Tem também a possibilidade de eu brincar que nem uma maluca com minha sobrinha de 2 anos, que não para um segundo, o que faz com que o consumo de energia do meu corpo triplique.

Vantagens e desvantagens à parte, desenhei uma estratégia de guerra para resistir às tentações.

Afinal, até janeiro de 2014 quero poder sentar na cadeira de praia sem ver aquele pneuzão de banha pulando da barriga.

Estou levando para a praia peito de peru light, iogurte 0% gordura, soja assada e salgada, proteína de sojatexturizada, 2 porções do bolo de laranja da Brum e muita, mas muita água.

A soja e a proteína de soja não são plenamente aceitas na dieta Dukan, porque carregam um percentualzinho de carboidratos. Ambos entram na lista de alimentos tolerados, indicados apenas aos vegetarianos.

Mas ir pra praia e não poder beliscar não dá, né! Não há “Bolotinha do Bem” que resista ou consiga afastar a “Bolotinha Diaba” do pé da sua orelha.

Por isso estou recorrendo a esses dois alimentos, que funcionam como uma espécie de salgadinho e superseguram a necessidade de beliscar.

Esses petiscos, aliados a muita, mas muita força de vontade, hão de me ajudar a manter a linha nesse lindo sábado de sol.

#emagrecebolotinha #12kgjaforam #menos6kgakivoueu#rumoaocorpoqmepertence

 

Emagreci mesmo no fim de semana de jaca

 

Bebi no fim de semana o que tive vontade. Mas, pra compensar, peguei bem leve na alimentação. Resultado? 500g a menos!

Bebi no fim de semana o que tive vontade. Mas, pra compensar, peguei bem leve na alimentação. Resultado? 500g a menos!

Gente, acreditem se quiser, mas eu continuei a emagrecer mesmo no fim de semana de jaca.

Como?

Vamos lá: com controle no descontrole.

Eu curto tomar uns drinks quando estou com as pessoas que amo.

Meu irmão, que mora no México, veio ao Brasil a trabalho por apenas uma semana e eu não ia deixar de curtir a vida com ele.

O que fiz:

  • Super controlei a boca e as quantidades de comida que ingeri. Além disso, optei pelas proteínas mais leves e menos calóricas.
  • Óbvio que ia rolar pizza. Então marquei na minha casa, deixei a pizza Dukan prontinha e, na hora que chegou os discões da galera, eu comi feliz da vida a minha versão light.
  • Movimentei o corpo o máximo que pude (e não foi muito não, viu… Tenho que ser honesta)
  • Tomei meus drinks com tranquilidade. No caso das caipirinhas, sempre pedia sem açúcar para diminuir o impacto.

Continue lendo