Quer emagrecer rápido? Entre A-G-O-R-A para ler este post aqui

Eu estava fuçando no Facebook e me apareceram zilhões de promessas milagrosas de emagrecimento em menos de 5 minutos.

Voltei e capturei a imagem de algumas delas.

E sabe o que mais me intriga?

Que tem gente que acredita e entra nessas coisas.

 

Foto: Reprodução do Facebook

 

Foto: Reprodução do Facebook

 

 

Foto: Reprodução do Facebook

Foto: Reprodução do Facebook

Ah, gente, sério que vocês ainda caem nessas?

Quando vocês vão parar de se enganar, hein?

Pare e pense um segundo: se isso tudo que anunciam por aí resolvesse, não existiria mais 1 gordinho na face da Terra, não é mesmo?

E, como existem cada vez mais gordinho, a gente conclui que… não existe mágica nem milagre!

Promessas milagrosas como as que são vendidas dia após dia por aí podem até ajudar no processo de emagrecimento, mas não são suficientes para te manter magro(a).

No fundo, todos nós sabemos o que precisamos fazer para emagrecer e permanecer com o ponteiro da balança sob controle:

Mudança de hábitos profundos para viver permanentemente uma vida guiada por dieta saudável + atividade física.

É que mudar hábito é difícil, né?

Mais fácil acreditar em qualquer balela que nos contam, não é mesmo?

Não, não é.

Pra emagrecer, tem que abrir mão de coisas que a gente gosta. Adeus frituras todos os dias, fast food à vontade, doces sem controle, pães com manteiga até a barriga doer de tanto comer…

Tem que fazer coisas que a gente não gosta, né?

Atividade física, ingerir verduras e legumes, diminuir a quantidade de óleo na comida…

Tem que enfrentar os nossos fantasmas internos, nossos medos mais profundos, nossas inseguranças, o que vai mal na nossa vida e que nos faz perder o controle e descontar tudo na comida.

Por isso é mais fácil dizer que não consegue emagrecer de jeito nenhum e gastar fortunas com essas alternativas paliativas.

Por isso é mais cômodo dizer qe não tem forças para dar essa guinada na vida sozinho(a).

Que já tentou de tudo e nada dá certo.

Duvido que você já tentou de verdade se conscientizar dos problemas que giram em torno do seu peso para iniciar um processo de transformação.

Não é fácil, colega,é obvio que não é.

Mas é permanente, eficiente e duradouro.

Eu garanto.

Ainda não consegui, mas estou no processo.

E sei que chegarei lá.

Sei que conseguirei deixar sob controle dentro da minha mente a  minha Bolotinha Diaba, aquela danada que sempre me leva para tudo o que é errado e acaba por impedir que eu continue a emagrecer.

Então, ouça bem: quer emagrecer rápido?

Sim?

Fuja então que nem diabo da cruz de quem te prometer isso, ok?

A chance de você cair numa fria é gigantesca.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha

Quer emagrecer comendo de tudo? Aprenda aqui!

 

Você é do tipo que quer emagrecer comendo de tudo?

Então esse post de hoje é para você, colega.

Segundo especialistas, a melhor forma de atingir o emagrecimento com variedade alimentar é com a boa e velha reeducação alimentar.

“A vantagem da reeducação alimentar é que com ela você emagrece dentro da sua realidade, comendo de tudo”, defende a nutricionista Ligia Henriques, do Spàzio Vita e Salute. “Dessa maneira você consegue mudar o seu hábito alimentar aos poucos, mas de forma consistente.”

Segundo Ligia, a reeducação alimentar ainda tem como vantagem o fato de evitar o efeito sanfona, porque a pessoa aprende a comer de forma equilibrada no dia a dia. Além disso, essa dieta tende a deixar o corpo mais bonito.

“A pessoa consegue emagrecer diminuindo muita gordura, pouca massa magra e não desidrata, evitando, assim, a flacidez”, explica a nutricionista. “Com isso, o corpo fica mais bonito.”

O problema é que, com a reeducação alimentar, a gente emagrece muito mais lentamente do que outros métodos radicais que existem por aí.

Para driblar essa frustração e acelerar a diminuição de peso, Ligia dá três dicas preciosas:

  • Anotar tudo o que se come.

“O registro alimentar diminui em até 30% o consumo de calorias e ajuda a identificar as situações de risco, explica a nutricionista.

  • Planejar o seu dia.

“Ter o alimento certo na hora certa é fundamental”, comenta Ligia. “Assim cai o risco de ficar muito tempo sem comer e diminui as chances de cair em tentação”.

  • Programar o fim de semana.

“Normalmente a maior dificuldade está no social e na falta de rotina”, diz ela. “Organizar o que vai comer no final de semana, selecionar os restaurantes adequados, descobrir novas receitas e novos programas que não envolvam comida fazem toda a diferença.”

Quer um exemplo de cardápio para seguir e fazer sucesso? É só clicar aqui e se programar.

Afinal, ainda dá tempo de a gente fechar 2013 com chave de ouro e a calça mais folgadinha. 😉

#emagrecebolotinha #banhaficaem2013 #barrigazeroem2014 #rumoaocorpoqmepertence

Foto: Thinkstock. Montagem: Amanda Brum