Quer ver o quão firme está na dieta? Passe por um dia de cão

Sério, não tem jeito pior de você descobrir se suas convicções em emagrecer estão fortes o suficiente do que passar por um dia de cão.

Porque a nossa cabeça gorda quer facilmente nos desviar para a comida diante da primeira dificuldade que surge.

Na nossa mente,  treinada anos e mais anos para usar a comida como conforto/apoio emocional/calmante/válvula de escape, não há outra saída para resolver os problemas a não ser se destruir em calorias, como porcos se chafurdam na lama.

Aí basta alguma coisa dar errada que bate aquela fome de leão.

C@#$%&!!!!

Meu estômago agora parece que tem um furo do tamanho da cratera do maior vulcão do mundo.

E, olha, eu estou prontinha para entrar em erupção.

Haja determinação e foco para manter a linha, viu.

Urgggggggggggggggggg

Hoje, em especial, só tem uma coisa que está me mantendo na linha: o pensamento de que NÃO VALE A PENA eu estragar a minha dieta por essas chatices que vez ou outra acontecem na nossa vida.

Os problemas que fogem ao nosso alcance a gente não tem como controlar. É como um carro que quebra, um assalto que acontece, o metrô que não funciona, o ônibus que não chega e te atrasa, uma politicagem que te ferra, etc, etc, etc. Você, sozinho(a), consegue mudar? Não. A situação está dada.

Mas aqueles problemas cuja responsabilidade da escolha está 100% nas nossas mãos – como o que a gente come – temos como controlar.

Por isso fico repetindo para mim mesma: NÃO VALE A PENA eu sair da dieta.

Se eu quebrar a dieta e parar de emagrecer, eu vou criar mais uma coisa chata/ruim/desagradável/negativa na minha vida.

Já não chegam as coisas chatas/ruins/desagradáveis/negativas que surgem sem a gente querer?

E eu lá vou por conta própria criar mais problema para a minha cabeça?

NÃO, NÃO, NÃO. Isso EU NÃO MEREÇO.

 Então, eu faço por merecer.

Estou aqui quase subindo pelas paredes de tanta raiva e a ponto de morrer afogada de tanta água que estou tomando para ver se meu estômago acalma.

Mas não vou abandonar o que é importante para mim.

Eu não vou abandonar a dieta.

Eu não.

Hoje não.

E, quer saber?

Quero que se f@#$%.

Vou largar tudo como está agora e sair para dar uma boa caminhada. Nervosa como estou não vou resolver nada. E, com a cabeça quente, não se toma decisões.

Sentir o vento frio no meu rosto e meu coração batendo um pouco mais forte pelo ritmo acelerado dos meus passos certamente vai me ajudar a relaxar e acalmar.

Fui.

Siga meu Instagram @amandabrum13

Curta meu Facebook www.facebook.com/emagrecebolotinha